Os Oráculos

01 taroTarô - Existem inúmeras teorias acerca da verdadeira origem do Tarô. Ele foi utilizado através dos séculos para prever o futuro e é considerado até hoje o mais bem elaborado campo da simbolomancia (adivinhação através dos símbolos). Suas lâminas são chamadas de arcanos, que significa MISTÉRIO. O Tarô é composto por 78 cartas, 56 arcanos menores que derivam das cartas de baralho comum e outros 22 arcanos maiores que expressam toda a complexidade específica deste oráculo. 

O Tarô reflete de uma forma simples o espelho de todas as nossas emoções e sentimentos. As cartas revelam a energia e o clima a sua volta possibilitando uma visão mais profunda do seu interior. É uma ferramenta maravilhosa que sugere um novo ponto de vista para se fazer escolhas em todos os setores da vida.


02 buziBúzios - O jogo de Búzios é uma das artes divinatórias mais utilizadas entre as religiões tradicionais africanas. Estudos indicam que este oráculo possui origem na cultura ioruba (Nigéria). Difere-se dos demais sistemas divinatórios por ser constituído de uma base onde são atiradas pequenas conchas. Sua tiragem é considerada uma leitura esotérica por excelência, é utilizada principalmente para identificar o Orixá ou guardião que rege o indivíduo (equivale à figura do Anjo da Guarda). Também analisa situações materiais, astrais e espirituais, especialmente com relação a problemas e dificuldades.

Pela disposição das conchas caídas o “olhador” ou intérprete retira a resposta para a pergunta formulada. Há muitos métodos de jogo, o mais comum consiste no arremesso de um conjunto de 16 búzios sobre uma peneira ou mesa previamente preparada. Existe uma ritualística específica para o preparo da peneira (assim também como dos búzios e demais objetos utilizados no jogo). O consultor esotérico reza e saúda os Orixás antes do início da sessão.


03 runRunas - As Runas consistem um alfabeto composto de símbolos pagãos de origem nórdica. São espíritos incriados que fazem parte da configuração de todo o universo. Para as tradições escandinavas em geral, estão associadas ao Deus Odin. Para a Tradição Wanen de Bruxaria Germânica, estão associadas à Deusa Freyja e ao próprio mito de criação do mundo. Em termos antropológicos, Odin possivelmente foi um poderoso chefe de uma comunidade tribal na Ásia.

Segundo a mitologia, Odin ficou pendurado durante nove dias e nove noites na Yggdrasil (a árvore do mundo), de ponta cabeça, ferido pela própria lança em auto sacrifício. Através da fome, da sede e da dor, o Deus Odin conseguiu acessar os mistérios da sabedoria rúnica. Porém, com o crescimento do Cristianismo, as Runas permaneceram longos anos esquecidas. Com o advento da arqueologia e da consequente recuperação das antigas tradições pagãs, hoje as Runas são utilizadas como oráculos e poderosos instrumentos de magia e bruxaria.


04 barBaralho Cigano - O Petit Lenormand, popularmente chamado de Baralho Cigano, é um oráculo de cartomancia surgido na Alemanha em meados do século XIX a partir de um conjunto de cartas lúdicas. Seu protótipo, “O Jogo da Esperança”, foi amplamente replicado e vendido por inúmeras editoras da Europa que utilizaram o nome de Mlle. Lenormand – a mais famosa sibila da história (falecida pouco tempo antes de tais publicações) – para promover as vendas do deck que conhecemos hoje. Sendo assim, sua origem não remete em nenhum aspecto a Tradição Cigana.

Entretanto, ao chegar em solo nacional, o Petit Lenormand não só foi incorporado aos conhecimentos ciganos como também recebeu uma vasta lista de correspondências entre seus símbolos e as entidades de culto afro-brasileiro. Dessa maneira, formaram-se duas escolas distintas de estudo e interpretação: uma europeia (tradicional) e outra brasileira (cigana). O Petit Lenormand é composto de 36 cartas cujas ilustrações vinculam-se aos nossos arquétipos do dia-a-dia. Em função de sua aparente simplicidade, possui uma linguagem clara e objetiva, mas, ao mesmo tempo, demasiadamente profunda.